7 de abril de 2011

Menino

No banco do passageiro, existe um sonhador ...
Um menino com o coração perdido,
Subitamente debruçado na janela,
Na busca de um mundo que não existe.

Ah meu menino...
Eu não sou apenas aquilo que você pensa ou acha que consegue ver...
Mas queria poder acalentar o seu coração e te fazer dormir à noite...
Subliminhar seu rosto, e apenas por um instante compreender sua dor.

Voas comigo meu passageiro perdido?
Olha meu aspirante a poeta...
O que vale é a sua alma, os seus pensamentos e a sua poesia.
Eu 'vivo', eu amo e  'respiro' cada vez que te vejo,
Assim o meu mundo fica perfeito, nas poucas horas contigo.



7 comentários:

silvioafonso disse...

.

Nada sou, senão o reflexo do teu olhar.
Cubras o mundo com o manto de tua vista
e eu estancarei meu pranto para sorrir
contigo.

silvioafonso




.

tecas disse...

Minha querida, fiquei encantada.
Que beleza de poema. Quanta sensibilidade.
Quanta ternura e amor a transbordar no poema ao « Menino».
«Mas queria poder acalentar o seu coração e te fazer dormir à noite...
Subliminhar seu rosto, e apenas por um instante compreender sua dor.»
Olhar com os olhos do coração a realidade que magoa o coração.
Belíssimo.
Bom fim de semana.
Bjito e uma flor.

Long Haired Lady disse...

e nesse mundo perfeito habita o amor!

Shirley disse...

Poema belo e doce. Beijos!

Patrícia ♥ disse...

Que lindo o seu cantinhoo..
adorei aqui!!

estou seguindo..
retribui??

beijios
http://pathyoliver.blogspot.com
http://momentosdapathy.blogspot.com

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o blog !
Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !

Bela Bittencourt disse...

Oi! Como acho seu blog bastante criativo, além de ter um layout que me chamou a atenção, te convido a passar no meu blog mais tarde, pois lá há um presente para você!

http://toughsoul.blogspot.com/2011/04/premio.html

Parabéns pelo espaço e pelas poesias!
Abraços, Bela.

Postar um comentário

Pequenos Relevos