23 de janeiro de 2011

Gaiola


Pobre pássaro ridiculamente preso numa gaiola;
Sem direito a bater suas asas, em direção ao sol.

5 comentários:

Letícia G. Cruz disse...

Concordo plena mente.
Bjsss

Adrielly Soares disse...

que lindo....
mesmo nós que podemos, muitas vezes relutamos à ir em direção das coisas que nos fazem bem.


Ps: conheço alguém que tem casa em Itatiba.

Antonio José Rodrigues disse...

Tem um provérbio que diz: "Podem cortar as nossas asas, mas não a nossa vontade de voar." Beijos

Laís Araújo disse...

Olá,amei a "nova cara" do seu blog,estar legal!

E sobre o post concordo ñ gosto de animais presos,muito menos passaros em gaiolas!

beijos

Helena Pavan Guimarães disse...

Pecado...pecado....
Beijoooo
Helena

Postar um comentário

Pequenos Relevos